Instalando o SQL SERVER 2008 R2

Out 13, 2010   //   by glauciodaniel   //   Banco de Dados, SQL Server  //  4 Comments

Muitos alunos perguntam sobre a instalação do Microsoft SQL Server 2008 R2, neste artigo iremos abordar a instalação do SQL Server 2008 R2, as diferenças de recursos entre as versões(2000, 2005, 2008, 2008 R2 e  2011 “Denali”), é um assunto que irei abordar em outros posts.

Espero que com esse tutorial você consiga instalar corretamente o SQL Server 2008 R2 e elucidar possíveis dúvidas.

Utilize os comentários para postar possíveis dificuldades, irei acompanhá-las e procurar respondê-las na medida do possível.

Versão x Edição

Em um primeiro momento, precisamos saber a diferença entre versão e edição. A definição de versão, é cada novo SQL Server lançado pela Microsoft. Inicialmente em parceria com a Sybase no final dos anos 80(1988), o SQL Server foi desenvolvido completamente pela Microsoft a partir de 1994, com a versão 6.0 codenome SQL95 e a versão 6.5 com o codenome Hydra.

Cada novo lançamento do SQL Server constitui-se uma nova versão, segue abaixo uma tabelinha que mostra a versão de cada um dos últimos softwares lançados.

7.0 1998 SQL Server 7.0 Sphinx
- 1999 SQL Server 7.0
OLAP Tools
Plato
8.0 2000 SQL Server 2000 Shiloh
8.0 2003 SQL Server 2000
64-bit Edition
Liberty
9.0 2005 SQL Server 2005 Yukon
10.0 2008 SQL Server 2008 Katmai
10.5 2010 SQL Server 2008 R2 Kilimanjaro (aka KJ)

Veja que embora o SQL Server seja comumente chamado de SQL Server 2000, 2005, 2008 e 2008 R2, esses são apenas nomes comerciais, se por exemplo você executar o código abaixo, você verá o número da versão do seu SQL Server instalado, e não seu nome comercial.

print @@version

Já edição, é o tipo de SQL Server encontrado em cada lançamento, por exemplo o Gol da VolksWagen possui várias versões, Gol Batedeira, Gol quadrado, Gol Bola, Gol Geração III, Geração IV e agora Geração V, mas em cada versão, existe as edições: Básica, duas portas, 1.0, 1.6, quatro portas ou seja em cada versão temos várias edições.

No SQL Server não é diferente, Edição e Versão vou entrar em detalhe em outro Post, mas o que você precisa saber por hora é que, as principais edições do SQL Server 2008 R2 são: Enterprise(Full), Standard(com limitações de recursos avançados para BI), Workgroup, Developer(igual ao Enterprise porém para desenvolvedores, custa em média R$ 189,00), Web, Express/Evaluation e Compact Edition.

Mas vamos ao que realmente interessa:

Instalando o SQL Server

Antes de instalar o SQL Server 2008 R2, é necessário instalar os pré-requisitos:

Após instalar os programas de pré-requisito, faça o download do SQL Server 2008 R2 Evaluation(Enterprise com 180 de prazo de expiração) ou coloque o dvd de instalação, e abra o arquivo setup.exe.

Verifique os pré-requisitos

Verificando os pré-requisitos

após todas as verificações serem concluídas, pressione Ok, e você escolherá qual edição do SQL Server 2008 R2 deseja instalar, as edições gratuitas são a Evaluation(que é uma edição completa, mas que expira em 180 dias) e a Express Edition(que possui algumas limitações, entre elas a do tamanho máximo de cada banco de dados criado, no SQL Server 2008 R2 essa limitação é de 10GB, também não possui recursos avançados para Análise de Dados).

Iremos escolher aqui a Evaluation.

Clique em Avançar. Após Ler os termos de licença, se concordar clique em Aceito os termos de licença.

Clique em Avançar. O Instalador do SQL Server 2008 R2 irá instalar arquivos de suporte para este processo, isso levará poucos minutos. Clique em Instalar.

Clique em Avançar.

Após algumas verificações clique em avançar

Após algumas verificações clique em avançar, será exibido a tela de Funções de Instalação, selecione a primeira opção, Intalação dos Recursos do SQL Server. Clique em Avançar.

Agora selecione quais recursos serão instalados no SQL Server, é importante lembrar que os recursos que você habilita ou não nesta tela, influencia diretamente algumas funções principais do SQL Server, como a Replicação por exemplo.

Portanto mencionarei quais os principais e dependendo do seu objetivo com SQL Server poderá habilitar outros.

Recursos Principais:

Serviços de Mecanismo de Banco de Dados(Database Engine)
Replicação do SQL Server(Replication)
Pesquisa de texto completo(Full-text search)

Observação:  Se for  trabalhar com BI(Business Inteligence), será necessário habilitar também Analysis Services e Reporting Services.

Habilite também:

Integration Services
Manuais Online do SQL Server (Books Online)
SQL Server Management Studio
F
erramentas de Gerenciamento  – Completas(Management Tools)

Os outros apenas em situações específicas que poderão ser habilitados também posteriormente, lembre-se que esse passo é muito importante, e que caso um recurso não esteja disponível, você poderá adicioná-lo futuramente por meio desta mesma tela, com a opção (Adicionar recursos à uma instalação já existente).

Seleção de Recursos

Após selecionar os itens para instalação, será avaliada as regras de instalação, para verificar se sua máquina está pronta para receber as configurações ora referidas. Pressione Avançar.

Na próxima tela, será configurado a Instância, cada instalação do SQL Server é uma nova instância, é interessante notar, que o SQL Server 2000 permitia apenas uma instância por máquina, mas a partir do SQL Server 2005, podemos ter múltiplas instâncias, ou várias instalações do SQL Server na mesma máquina, cada instância possui seu próprio serviço(Serviço é um programa que roda enquanto você usa a máquina, a idéia é que o serviço rode sem que o usuário final interfira, isso se chama back-end, é como um maquinista de um trem, sabemos que ele está lá, mas não precisamos interagir diretamente com ele, embora precisemos que ele esteja trabalhando bem), e deve possuir um nome.

A Instância padrão chama-se MSSQLSERVER, isso é uma instância default, suponha que você queira instalar o SQL Server mais uma vez na mesma máquina, será outra instância, mas esta segunda será uma instância nomeada(Named Instance) poderá possuir qualquer nome, menos o já usado na instância default, ou em outras instâncias que já foram instaladas.

Obs:Nomes de time de futebol como instâncias não são permitidos, uma exceção será apenas se for o do Corinthians ou Timão!

Clique em avançar.

Selecionando todas as opções, será necessário quase 5GB de espaço livre, com a instalação mínima, será necessário 1.7GB. Clique avançar.

Agora será especificado as contas do Windows em que os serviços principais irão rodar:

Serviços que sempre existirão:

  • SQL Server Database Engine
  • SQL Server Agent
  • SQL Server Integration Services
  • SQL Server Browser(Navegador do SQL Server)

outros opções.

  • SQL Server Analysis Services
  • SQL Server Reporting Services

É importante lembrar que a conta do windows que você selecionar deve pertencer ao grupo Administrator do Windows.

Na aba ao lado Collation(Agrupamento) determinamos se o SQL Server será:

CI / CS – Case Insensitive  / Case Sensitive

AI / AS – Accent Insensitive / Accent Sensitive

WI / WS – Width Insensitive / Width Sensitive

KI / KS – Kanatype Insensitive / Kanatype Sensitive

continua…

4 Comments

  • Valeu cara me salvou hoje…

  • Excelente post, só poderia ter sido feito por um Corintiano mesmo!

    Valeu cara!

    Vai Corinthians!

  • Professor, coloquei o nome da minha instancia de Timão e meu banco foi roubado, o que eu posso fazer agora?kkkk

  • Glauco,

    Em termos de boas práticas você acha importante ao instalar o SQL-Server deixar os arquivos “.ldf” numa partição diferente dos arquivos “.mdf” e “.ndf” ?

    Att,

    Wanderson

Leave a comment

Banco de Dados Categories